quarta-feira, setembro 11, 2013



Magra sim, e daí?

A recente morte por anorexia de Dai Dorneles, mais conhecida como @meganfoques, trouxe à tona novamente este assunto. E mais uma vez senti o que sentia quando era adolescente e surgia essa conversa... Quero levantar uma bola que como sempre ninguém lembra. Hoje tenho 1,70m e "suo a camisa" pra ter 50 kg que variam (se eu pegar um resfriado vai pra 49 fácil). Sou anoréxica? Sou bulímica?

514_1009_20090224_Ballet_1_NIK_070[1]
Magra, mas saudável e de bem com a vida (by Chase Jarvis)

Como vocês não me conhecem ao vivo então eu respondo: NÃO! Eu como 3 cachorros quentes de uma vez, 5 pedaços de pizza com refrigerante num rodízio, só não sou carnívora é verdade... Só que aí é questão de gosto.

 Mas o que quero falar com essa introdução toda é que os magros que são magros por falta de opção, que querem engordar e não conseguem, sofrem tanto quanto um gordo. São zuados do mesmo jeito, se sentem feios do mesmo jeito, às vezes fazem loucuras pra engordar do mesmo jeito e chegam a prejudicar a saúde do mesmo jeito também! 

Tive calma e nunca fiz nada pra me forçar engordar, sempre procurei comer bem e na quantidade que quisesse. Mas é duro. Teve uma época, em outro boom de se falar em anorexia, que eu via que as pessoas me olhavam como se eu estivesse doente ou errada, caramba eu não fiz nada! É meu metabolismo droga!

Conheço magros ou ex-magros que tomavam uma lata de leite condensado por dia só pra engordar. Você pode pensar “Ah, mas leite condensado é gostoso. Grande problema esse hein! Você não sabe o que é ter um problema com peso!”, mas é como falei, às vezes passa a ser questão de saúde (nesse caso, ele iria engordar mal, não iria ganhar massa muscular e sim gordura) e pode te deixar fragilizado psicologicamente.

Eu, que nunca cheguei a ficar realmente mal com isso, no máximo preocupada, tive uma certa aversão a gente magra como eu por uns anos. O pior de tudo é não ter informação. Porque ninguém fala na TV e nas revistas nesses casos, juro que quando era adolescente e não tinha fome na hora do almoço ficava com medo de ter algum distúrbio alimentar. Depois aprendi que não, que é normal às vezes não ter fome, faz parte da vida.

No meu caso, creio que seja genético. Minha mãe era uma magra normal na minha idade, mas meu pai e alguns tios eram tão magros quanto eu, alguns até mais do que eu. Hoje, todo mundo tá gordinho rs. Eu nunca fui aficcionada em beleza ou vaidade, sempre fui a CDF da turma (e justamente por isso não me zuavam tanto, precisavam que eu passasse cola rs), e ainda assim me incomodava.

Atualmente, estou bem comigo, me aceito melhor. Se eu engordar vou gostar, mas senão tudo bem também. Perdi a tal aversão pelos magros, pra mim peso há mais ou há menos não quer dizer nada e não vou tirar conclusões sobre a pessoa sem conhecê-la. No fim consegui enxergar que sou magra mas sou bonitinha rs, pra mim já basta.

Criei uma página no facebook chamada "Magra Magrinha Magrela" que nunca divulguei, nem convite pros amigos mandei. Quase todo dia alguém curte e, a cada curtida fico mais tranquila de não ser a única assim no mundo. Caso você queira algumas dicas para engordar, também fiz esse post dando formas saudáveis de chegar lá.

23 comentários:

  1. Oi Bia, minha mãe foi magra uma vida, ela tem quase 1,70 e no dia que foi ganhar meu irmão pesava apenas 49 kg. Imagina né? Uma das coisas que ela sempre comenta é que comia de tudo... pouco, muito pouco. Era uma chata com determinadas comidas apesar de amar outras. É claro que depois da menopausa ela ganhou uns kgs, e hj, não é mais tão magra, mas dia desses ela lembrou algo muito interessante sobre a magreza. Durante muitos anos ela foi "perseguida" por isso. Por fugir do padrão das irmãs, era sempre a magricela, a vara pau, a Olívia Palito da família. Acredita que minhas tias diziam que ela não iria casar, pois não teria força para ter filhos? risos... Ou seja, a vida é pauleira para os dois extremos. O gordinho é safado e o magro é de ruim! risos... Felizmente meu pai amava uma magricela.

    Acho que seu texto foi bastante complementar e dá pano pra manga pra muito mais. Desenvolva, escreva, pesquise mais sobre o assunto sim. Divulgue! Como eu disse no fim do meu texto: "Ser magro ou ser gordo não é nenhum problema, sendo saudável… O problema está neste ambiente desumano que não tolera as diferenças, promovendo a rejeição deste ou daquele perfil. Isso sim é feio."

    ResponderExcluir
  2. Momento sem noção: Jesus! B. "me leu", gostou e comentou! oO Vou ter um filho pelo nariz hahaha

    Momento com noção: Oi B.! Fico MUITO feliz com o seu comentário. Essa coisa de não ter forças de ter filhos, eu sempre achei é que um cara me quebraria toda se me pegasse com vontade haha
    Essa sua frase no fim do texto foi que me fez gostar dele e fazer isso. Fechou com chave de ouro!

    Bjs! E muito obrigada mesmo viu? Té

    ResponderExcluir
  3. -'. Pois é, eu tenho 20 anos e nunca pesei 50kg na minha vida.
    E odeio quando faalam, - Como vc está magra?'
    Ngm simplesmente entende que sou assim, e sempre procuram por a culpa em alguém, ou no meu namoro diferente, ou no meu namorado, ou pq n me veem comer /, e como poderiam se saiu as 7:00 e só volto as 22:00 normalmente?
    =/
    Ja tentei de tudo pra engordar, mas n tem jeito.
    Enfim, magro sofre que nem o gordo.
    Mas vou ser feliz, sou magra sim, e dai?
    Eles que se explodam!

    Beeeijos

    ResponderExcluir
  4. Muito bom seu texto! "No fim consegui enxergar que sou magra mas sou bonitinha rs, pra mim já basta." Adorei isso! Se aceitar é a melhor coisa; é claro, tem o lance da saúde e tals, mas conseguir desencanar da neura é o principal...e outra coisa: charme é algo que (ainda) não dá pra comprar; nem com horas na academia, nem com dietas mirabolantes, rs...bjo!

    ResponderExcluir
  5. Jackeline querida, pra vc ter noção de como sou, no início do namoro falei pra ele: 'VOCÊ NUNCA VENHA ME DIZER QUE ESTOU MAIS MAGRA! Se achar que estou, então não diga nada. Só diga se tiver engordado rs' E ele, embora não tenha entendido muito, concordou.

    O lance é realmente se aceitar. Se a sua saúde está em ordem, não adianta brigar com a natureza.

    Beijos e obrigada pela visita!

    ResponderExcluir
  6. Olá André!

    É, o lance todo realmente está em se aceitar. Parece até que quando vc desencana das coisas, aí que elas acontecem. Minha vida tem sido mais ou menos assim...

    Beijos e obrigada pela visita e pelo comentário!

    ResponderExcluir
  7. Eu concordo com vc, tem muita gente se alimentando mal achando que está bem nutrido, seja magro ou gordo. Falam muito da ditadura da magreza, mas tem muita gente recalcada pegando no pé das pessoas magras que não tem tendência para engordar e ainda fazendo comentários preconceituosos, ofensivos, fúteis, ignorantes, machistas e até vulgares contra as pessoas magras.

    ResponderExcluir
  8. Nossa adorei o comentário! Pena que foi anônimo.

    Beijos! Volte sempre!

    ResponderExcluir
  9. Adorei seu texto! Tb sou magra (na verdade magra e miúda hehe tenho 1,56 e 43 kg) e canso de escutar minha madrinha falando: "homem não gosta de mulher magra". Problema deles!! Sempre fui satisfeita com meu corpo e quando me falavam algo eu sempre dizia ou que estou bem e pensava: antes magra do que gorda. E passei a ter uma certa antipatia das gordinhas, de tanto destacarem minha magreza. Hoje penso diferente: nada como a diversidade! Seja magrela, gordinha ou quadrada, o importante é se aceitar e se cuidar na medida do possível, sem querer atingir padrões que os outros ditam para nós, pois sempre haverá alguém para nos criticar, menosprezar ou invejar, basta escolhermos dar força a esses comentários ou não!!

    ResponderExcluir
  10. É verdade, por mais que a gente se aceite acaba tomando raiva das gordinhas, e no meu caso, me interessando pelos gordinhos.
    Mas o importante mesmo é cada um ser do seu jeito, ser feliz e ter saúde!

    Beijos da Mulher de Marte querida!
    Até +

    ResponderExcluir
  11. Eu tenho 19 anos, tenho 1,74 e peso 47 kg. Minha mãe vive falando que sou muito magra, me leva sempre para fazer exame de sangue para saber se eu estou com anemia e vive me dando vitaminas para engordar(mesmo sabendo que a magreza é de família e que me alimento super bem, ela sempre diz que tenho uma alimentção saudável). Mas eu não gosto de tomar remédios e nem me importo quando falam que sou uma vareta, porquê eu adoro ser magra, acho lindo o meu corpo mesmo com vários ossinhos à vista!
    Minhas amigas de faculdade nunca se cansam de emplicar com minha magreza, mas por outro lado emplicam com o fato de eu comer demais, nos lanches sou sempre eu que como mais.Nunca escapo do famoso comentário: "VOCÊ É MAGRA DE RUIM". Mas a verdade é que eu sou saúdadvel, não vivo sem legumes, minhas saladas e carne, muita carne. Como de tudo e sempre na quantidade que eu quero, na que me satifaz, Não ligo pro que dizem, eu nasci com esse metabolismo e amo ser do jeito que sou!

    ResponderExcluir
  12. Que bom que você se aceita! Se está saudável e tudo está bem, ótimo :D
    Engraçado, estranhei um pouco você falar em 19 anos e faculdade, mas isso é o normal.. Eu mesma comecei a faculdade com 17.

    No meu caso raramente elas zoam, porque as que zoariam são loucas para serem magras, fazem dieta e tal.. E eu comendo um x-tudo do lado haha

    Beijos querida e volte sempre!

    ResponderExcluir
  13. Falou minha vida ai...
    Tenho 1,75 e peso 56 kilos...e basta um probleminha de saúde pra se perder 5 a 6 kilos...é o nosso biotipo, mas as pessoas encaram...alias encaram e fazem com que a gente encare tb, que estamos doentes....pros outros estamos sempre doentes.
    Desde quando ter gordura é ser saudável?
    As pessoas se importam demais com o peso, com a altura, com o tipo físico das pessoas, sendo q cada um tem um jeito só seu bonito de ser...
    Ditadura da magreza? eu como disse num blog meu, pra mim vivo numa ditadura da GOSTOSURA nesse país, ou você é gostosa, ou vc não ta legal....não acha?

    ResponderExcluir
  14. Pois é Pamela, somos assim mesmo. E se for no médico e ele disser que está tudo ok (porque tem doenças que deixam a gente mais magro e tal), é viver em paz.
    Tem isso de ditadura da gostosura mesmo, só que o que gostosura? Pode ser coisas diferentes, pra pessoas diferentes...

    Beijos querida!
    Foi você que me seguiu no twitter? Eu vi tá! ;)

    ResponderExcluir
  15. Eu sou magra e não ligo muito, rss, (tenho 26 aninhos 1,60 e só 42kls) bem se eu engordar um pouquito pra mim é lucro mais não ligo pra isso não o importante é estar saudavel. a unica coisa que me incomoda muito muito é não encontrar roupa... poxa é um sufoco achar algo que sirva e por inumeras vezes ouvir pessoas dizendo -"há pra você que é magra é facil achar roupa". Eu pelo menos não encontro quase nada e tudo precisa de ajustar, já perdi as contas de em quantas lojas entrei e ouvi da vendedora que não tinha meu tamanho o tal do 36 convicto. Agora mesmo eu estava louca para comprar essas saias retas de cintura alta e não achei uma que service :( .

    ResponderExcluir
  16. Eu tbem sou mt magra o problema é qe naum consigo me aceitar e isto esta acabando com a minha auto estima, não me sinto a vontade mostrando as pernas, vou pra faculdade só de calça e ainda siim me enchem o o saco, eu queria até ir ao psicologo pq ando mt preocupada com isto =/ sei lá me odeio. Eu já tomei muuito remedio e nada adianta, aumentei minha alimentação e anda adianta, aff mais eu acho melhor eu em aceitar e tentar ser feliz, qem gostar de mim vai gostar do jeito qe sou. :) Tenho 18 anos, 1,59 e peso 41 kilos =/

    ResponderExcluir
  17. o que você escreveu no texto parece com migo , eu ate hoje sofro com isso me sinto muito mal por ser magra de mais , não gosto de meu corpo do meu jeito , muitas pessoas me suaram com isso minha alta esima é la em baixo as vezes não saio de casa , não me sinto bem .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se ame valorize seu corpo, os outros esquece, não vale apena se importa. Só alimentar bem e ah quando estamos felizes com nos mesmo, nada abala.

      Excluir
  18. Olá Bia Almeida, meu nome é Manuela tenho 17 anos de idade e peso 43kg.
    Adorei esse post me ajudou muito, eu tomo café da manhã, almoço, como algumas besteiras à tarde e janto normal igual a qualquer pessoa da minha casa. no ano retrasado (quando eu pesava 37 kg) eu jurava q tinha algum distúrbio alimentar, pois algumas vezes eu não tinha fome (principalmente na janta). hoje já não sou tão preocupada com isso, agora vendo por outro lado acho que comer de tudo e não engordar é um Dom q poucos tem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sim, temos que conseguir perceber que somos normais e saudáveis, só com um biotipo diferente.
      Atualmente nessa onda de barriga negativa, dá até pra gente fazer uma invejinha em todo mundo, ó que beleza! hahaha

      Excluir
  19. Ontem fiquei chateada. Um rapaz, diga-se de passagem, não muito vistoso; passou em uma Kombi, juntamente com um grupo e começou a gritar pra mim: ô moça, você está muito magrinha, não tem comida na sua casa não? Vou arrumar um pacote de farinha enriquecida pra você. Me senti muito mal com aquilo.
    As pessoas sentem prazer em tentar humilhar as outras. Seja por ser gordo ou ser magra . Sempre fui magra, não consigo engordar, ja tomei remédio e tudo, mas não consigo ganhar peso. Não sou tão magra assim, mas meus braços são finos e isso é o que incomoda aos outros.
    Na escola, na faculdade eu também era a nerd e por isso as pessoas que no início zombavam de mim, passaram a me respeitar e pedir ajuda.
    Acho que as pessoas começam a observar as diferenças dos outros e a criticá-los porque tem medo de observarem a si mesmas. Então é mais fácil apontar o que para eles é diferente e por isso feio, do que observar suas próprias deficiências, que muitas vezes são internas.
    Afinal, como é dito por Caetano Veloso " É que Narciso acha feio o que não é espelho".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você disse o principal "isso é o que incomoda aos outros"
      Se o incomodo é só dos outros, esqueça dele :D O importante é você se entender, se conhecer e se gostar. A partir daí, até o restante do mundo irá te olhar diferente
      Beijos, linda!

      Excluir

 
  • Uso de Imagens

    Muitas imagens do nosso site vem de fontes espalhadas na internet, sendo em sua maior parte externas e muitas não autorizadas. Nenhuma das fotos pertencem ao Bia Inspira, a menos que sejam creditadas. Se alguma foto de sua autoria estiver no nosso site e você desejar sua remoção ou inserção de créditos, favor enviar um email para mscbianca[arroba]gmail[ponto]com que prontamente atenderemos ao seu pedido. Obrigada!!!