sexta-feira, janeiro 02, 2015



Como fazer o amor durar para sempre?


Para começo de conversa, vamos tratar aqui de como manter o amor entre duas pessoas que de fato se amam. Parece uma colocação ridícula, mas explico: se você é a amante, ou a ex-namorada ou a ficante, coleguinha, isso aí não é amor, amor é outra coisa.

Pense naquele casal pais/tios/avós/whatever que fizeram bodas de ouro e você ficou pensando “Bodas de Ouro são 50 anos. Será que pelo menos eu vivo 50 anos? Porque 50 anos de casada vai ser meio difícil...” É disso que nós vamos falar. De manter um relacionamento tão longo, conservando o afeto e o carinho, sem que os dois simplesmente virem colegas que dividem a casa – ou pior, que se suportam só pra não fazer o divórcio.

Primeiro, a coisa mais clichê de todas: O amor precisa ser alimentado diariamente para continuar existindo. Sim! Infelizmente, o ser humano ainda não aprendeu a amar sem receber nada em troca, incondicionalmente. Então todo mundo precisa dum carinho, dum chamego pra lembrar que o outro também gosta que façam isso. E fazer também.


Mesmo com a nossa vida cheia de urgências intermináveis, é importante achar tempo para namorar e trocar ideias, falar de coisas diferentes das questões do dia-a-dia. Procure assuntos além do quarteto from hell: trabalho, família, estudos e problemas em geral. Depois de um dia longo (e chato) de trabalho, custa você falar que achou lindo a menininha brincando com um cachorro na rua? Faça esse exercício, vai fazer bem até pra você mesma!

Casais bem-sucedidos tem sempre duas qualidades infalíveis: a tolerância e o bom humor. Minimizar conflitos cotidianos é uma dica para ser feliz para sempre no casamento - para sempre sim, mas não ininterruptamente, pois ser feliz o tempo todo é impossível.


Não há fórmula pronta para fazer um casamento durar e ser bom. Mas uma pra não seguir eu sei: casar dizendo "Se não der certo, a gente separa". E nem tô falando da energia que isso traz pro casamento, mas que não tem jeito: são duas pessoas criadas diferente, com valores diferentes tentando viver juntas. No começo, existirão problemas e coisinhas chatas a superar, se houver amor. Deve-se insistir e investir mais em um casamento antes de pensar em divórcio.

E, ao longo do tempo, pode-se descobrir qualidades até então desconhecidas um no outro, e se "reapaixonar" algumas vezes. Sim, dá para viver novos momentos de paixão no decorrer de uma longa relação. Para isso, há de se estar atenta às surpresas - são elas o gatilho para a paixão desabrochar. E é bem mais fácil surpreender o outro - e também deixar-se surpreender - quando se tem vida própria.



Termino com outro conselho clássico: procurar no ser amado o seu complemento, a sua outra metade, é um perigo para a saúde de qualquer relacionamento.

0 inspirações:

Postar um comentário

 
  • Uso de Imagens

    Muitas imagens do nosso site vem de fontes espalhadas na internet, sendo em sua maior parte externas e muitas não autorizadas. Nenhuma das fotos pertencem ao Bia Inspira, a menos que sejam creditadas. Se alguma foto de sua autoria estiver no nosso site e você desejar sua remoção ou inserção de créditos, favor enviar um email para mscbianca[arroba]gmail[ponto]com que prontamente atenderemos ao seu pedido. Obrigada!!!