terça-feira, junho 02, 2015



Descubra a diferença entre a depilação a laser e a luz pulsada

O sonho de toda mulher é acabar com os pelos de vez. Por isso, basta saber de um método de depilação que promete esse resultado para nós sairmos correndo em busca dele. Mas, antes de recorrer a qualquer método de depilação chamado de definitivo, é preciso conhecer direitinho as técnicas disponíveis e a mais indicada para cada pessoa. Acompanhe as nossas dicas...

Depilação a laser

Depilação a laser

O laser é o único método que garante a eliminação de 95% dos pelos, sendo o Diodo e o Alexandrita os aparelhos mais eficientes, conhecidos como padrão ouro. Além desses dois tipos de laser, ainda existe o Nd:Yag, que é um pouco mais suave e exige mais sessões para a eliminação dos folículos.

Como funciona: A máquina emite um comprimento de onda que é captado pela raiz do pelo, gerando uma inflamação e a destruição do folículo. Como a melanina tem afinidade com a luz, quanto mais escuro e grosso for o pelo e mais clara for a pele, mais eficiente será o resultado.

Prós: É o único método definitivo de depilação. Como o corpo continua produzindo hormônios, novos pelinhos vão surgir, gerando a necessidade de novas aplicações. Mas os que já foram “destruídos” pelo laser não voltam mais a crescer.

Contras: O método é contra-indicado para pessoas negras, já que a concentração de melanina na pele e no pelo é grande, e pode levar a queimaduras e manchas. Pessoas de pele morena devem fazer um teste antes de realizar a depilação, pois também correm esse mesmo risco.

informações sobre depilação com luz pulsada


Depilação com luz pulsada

Apesar de muitas pessoas acreditarem que a luz pulsada é um método de depilação definitivo, ela apenas diminui a espessura do pelo e do folículo, ao invés de destruí-lo.

Como funciona: o aparelho emite uma luz de alta energia, que penetra na pele e queima o folículo. Como a inflamação causada é menor, a luz não é suficiente para acabar de vez com o pelo, que pode voltar a surgir dali a dois meses, no mínimo.

Prós: É um método menos dolorido do que o laser e muito mais barato.

Contra: Assim como a depilação a laser, também é contra-indicado para peles negras e pessoas de pele morena devem tomar cuidado. Apesar de ser muito mais barato, a longo prazo, é um método que vale menos a pena do que o laser, pela durabilidade inferior.


Importante: Antes de se submeter a qualquer um dos métodos, é importante consultar um dermatologista para fazer uma avaliação da cor da pele, do diâmetro do fio e da região a ser depilada. Só um especialista vai saber a intensidade certa a ser aplicada em cada parte do corpo, evitando manchas e queimaduras.

2 comentários:

 
  • Uso de Imagens

    Muitas imagens do nosso site vem de fontes espalhadas na internet, sendo em sua maior parte externas e muitas não autorizadas. Nenhuma das fotos pertencem ao Bia Inspira, a menos que sejam creditadas. Se alguma foto de sua autoria estiver no nosso site e você desejar sua remoção ou inserção de créditos, favor enviar um email para mscbianca[arroba]gmail[ponto]com que prontamente atenderemos ao seu pedido. Obrigada!!!