sexta-feira, julho 17, 2015



10 lições de J. K. Rowling para você levar pra vida

Caso você não esteja ligando o nome à pessoa, J. K. Rowling é a autora de Harry Potter – uma série de livros best-sellers, que deu origem a uma sequência de filmes campeões de bilheteria e que – pasmem – rende muito dinheiro ao Studios Warner e a ela até hoje!

Mas será que tudo foram flores sempre? Harry Potter foi o primeiro livro que ela escreveu?
Não! Anos antes ela estava no que chamaríamos de fundo do poço – tinha terminado um casamento e, naquele momento, era uma mãe solteira e desempregada. Aliás, conheço outra mulher que passou por este momento – Paula Abreu. Bem, continuando a história, mesmo seu primeiro livro de Harry Potter foi recusado por algumas editoras – o que fez toda a diferença por sua perseverança.

Como é comum nos Estados Unidos, J. K. Rowling falou aos formandos de Harvard, refletindo sobre sua vida e formando a lista de 10 lições que você verá agora.


Observação: O texto não é exatamente a fala dela, mas uma adaptação de minha parte.

1 – Não se esconda culpando seus pais pelos seus fracassos, dizendo que eles não te deram oportunidades ou te colocaram limites demais. Chega um ponto da vida em que você toma as próprias decisões, e daí pra frente se alguém tem culpa é você mesmo.

2 – Prepare-se, a sua vida será uma viagem inesquecível! Você pode ter nascido no tal “berço de ouro”, mas duvido que não passe pelo menos um perrengue na vida. Você pode ser sensacional, ter talento nato, e mesmo assim isso não quer dizer que tudo ocorrerá às mil maravilhas.

3 – Fracassar é ruim. Não tem como não achar ruim. Bem, prepare-se pra resistir a isso. Crie a filosofia de que se você insistir, as coisas vão melhorar.

4 – Quando você tenta algo e fracassa, isso te deixa sem parâmetros a seguir. E isso é ótimo! Por que você pode mudar tudo e se reinventar, já que o que tinha pensado deu errado.

5 – A criatividade é um super poder! Usando ela você poderá resolver qualquer coisa.

6 – Permita-se experimentar, criar e inovar nas coisas da vida. Talvez você descubra formas melhores e mais fáceis de fazer algo que já faz.

7 – Procure ter uma posição ativa perante sua vida. Ser passivo só te deixa triste, reclamando de tudo, e sem caminhar para uma solução.

8 – Repare mais vezes nas coisas cotidianas e boas da sua vida. Você tem onde morar, o que comer, com o que se agasalhar, tem acesso a informação. Coisas que não damos valor enquanto temos.

9 – Preocupe-se mais com a mudança interna do que com a externa. O exterior é resultado do interior. Portanto, procure se conhecer e amar o que tem lá dentro de você.

10 – Tenha como objetivo a qualidade dos momentos, e não a quantidade ou o tempo de duração. Portanto, curta os filhos e os cachorros no final de semana e nos momentos que puder estar com eles.

Depois de ler esses conselhos, reflita um pouco e me diga: você concorda com eles?

0 inspirações:

Postar um comentário

 
  • Uso de Imagens

    Muitas imagens do nosso site vem de fontes espalhadas na internet, sendo em sua maior parte externas e muitas não autorizadas. Nenhuma das fotos pertencem ao Bia Inspira, a menos que sejam creditadas. Se alguma foto de sua autoria estiver no nosso site e você desejar sua remoção ou inserção de créditos, favor enviar um email para mscbianca[arroba]gmail[ponto]com que prontamente atenderemos ao seu pedido. Obrigada!!!