segunda-feira, julho 20, 2015



Conheça os principais mitos e verdades durante o inverno

O inverno é o período de maior incidência de gripes e resfriados. Com as temperaturas em queda, a população deve ficar atenta. Nesta época do ano, é muito comum o aumento das doenças respiratórias transmissíveis, como gripes e resfriados. A queda de temperatura, o a r mais seco e a maior concentração de pessoas em ambientes fechados favorecem a circulação dos diversos tipos de vírus. Saber desvendar os mitos e verdades e diferenciar as doenças é muito importante para tomar medidas preventivas e manter uma vida saudável na estação mais fria do ano. Confira os principais mitos e verdades.


O resfriado comum é a doença mais comum do ser humano.

Verdade. É a doença mais comum e atinge as pessoas do mundo inteiro de todas as faixas etárias. Os adultos são acometidos pela infecção de 2 a 5 vezes por ano. Entre as crianças, a probabilidade é maior e as chances de contrair a doença variam de 6 a 10 infecções (as crianças que frequentam escolas podem contrair a infecção até 12 vezes).

Posso ficar doente se eu ficar perto de alguém que esteja gripado ou resfriado?

Verdade. Pessoas infectadas com a gripe podem transmitir a doença até dois metros de distância. A gripe geralmente é transmitida quando uma pessoa tosse, espirra ou fala. Gotículas de saliva e muco podem ser absorvidas pelo seu nariz ou boca. Você também pode contrair a gripe tocando em algo, como uma maçaneta ou telefone, que esteja infectado com o vírus.

Sair com cabelos molhados pode causar resfriado?

Mito. Sair com o cabelo molhado não vai aumentar as suas chances de contrair a gripe (tomar friagem fora de casa sem um casaco também não). A exposição direta ao vírus é a única maneira de contrair a doen=7a de fato.

As infecções das vias aéreas aumentam no inverno?

Verdade. Sim, gripes e resfriados são definitivamente sazonais e a maior incidência acontece na estação mais fria do ano. Uma nova teoria afirma que durante o inverno o resfriamento do nariz diminui a resistência natural do corpo à infecção. Além das roupas mais quentes, a solução seria proteger o nariz da friagem. A inalação do ar frio resfria as nossas fossas nasais e enfraquecem o nosso organismo contra a infecção. Se essa teoria estiver correta, cobrir e proteger o nariz com um cachecol pode ajudar na prevenção de resfriados na estação mais fria do ano.

Você não pode distinguir entre um resfriado e gripe!

Verdade. Não é possível diferenciar um resfriado de uma gripe apenas pelos sintomas. Em geral, a gripe tem um início súbito e está associada à febre e a dores musculares. O resfriado comum, quando grave, também podem causar os mesmos sintomas.

O estresse pode causar a gripe ou resfriado.

Verdade. Há evidências que indicam que o estresse da vida diária pode aumentar as chances de contrair a infecção. Estudos recentes e experimentais com voluntários saudáveis demonstram que existe uma ligação entre a história recente do estresse psicológico e susceptibilidade à infecção. Ainda não e stá claro de que forma o estresse afeta o sistema imunológico, mas o elo mais provável parece ser o aumento na liberação de hormônios corticosteroides associados ao estresse. Este hormônios são conhecidos por diminuir a resistência à infecção. Já o aumento do estresse da vida urbana moderna pode ser um dos principais fatores que colaboram para incidência muito elevada gripes e resfriados em nossas cidades superpopulosas.

Antibiótico mata os vírus das gripes e resfriados.

Mito. Não. Antibióticos funcionam contra as bactérias e não vírus. Resfriados e gripes são causados por vírus. Em razão disso, não existem medicamentos capazes de curar essas doenças. Porém, existem algumas maneiras simples e eficazes que podem aliviar os sintomas da gripe e do resfriado que são os medicamentos para dor, febre e congestão nasal.

 
Naldecon  é um antigripal consagrado no mercado há 40 anos e promove alívio rápido contra os 7 principais sintomas da gripe e resfriado: febre, dor de garganta, coriza, dor no corpo, indisposição, dor de cabeça e congestão nasal. É pioneiro no conceito Dia e Noite e resolve as necessidades específicas de cada momento do dia.
Naldecon Dia: dias mais ativos, sem provocar sonolência. Sem anti-histamínico. Contra dores, febre e congestão nasal. Naldecon Noite: noites de sono mais tranquilas.
Para mais informações sobre Naldecon, acesse: www.naldecon.com.br ; www.facebook.com/naldecon
NALDECON® DIA (paracetamol e cloridrato de fenielfrina) M.S. 1.0180.0278 + NALDECON® NOITE (paracetamol, cloridrato de fenilefrina e maleato de carbinoxamina) M.S.1.0180.0146. Combatem os sintomas da gripe. SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO. NALDECON® NOITE É UM MEDICAMENTO. DURANTE SEU USO, NÃO DIRIJA VEÍCULOS OU OPERE MÁQUINAS, POIS SUA AGILIDADE E ATENÇÃO PODEM ESTAR PREJUDICADAS. Maio/2015

sexta-feira, julho 17, 2015



10 lições de J. K. Rowling para você levar pra vida

Caso você não esteja ligando o nome à pessoa, J. K. Rowling é a autora de Harry Potter – uma série de livros best-sellers, que deu origem a uma sequência de filmes campeões de bilheteria e que – pasmem – rende muito dinheiro ao Studios Warner e a ela até hoje!

Mas será que tudo foram flores sempre? Harry Potter foi o primeiro livro que ela escreveu?
Não! Anos antes ela estava no que chamaríamos de fundo do poço – tinha terminado um casamento e, naquele momento, era uma mãe solteira e desempregada. Aliás, conheço outra mulher que passou por este momento – Paula Abreu. Bem, continuando a história, mesmo seu primeiro livro de Harry Potter foi recusado por algumas editoras – o que fez toda a diferença por sua perseverança.

Como é comum nos Estados Unidos, J. K. Rowling falou aos formandos de Harvard, refletindo sobre sua vida e formando a lista de 10 lições que você verá agora.


Observação: O texto não é exatamente a fala dela, mas uma adaptação de minha parte.

1 – Não se esconda culpando seus pais pelos seus fracassos, dizendo que eles não te deram oportunidades ou te colocaram limites demais. Chega um ponto da vida em que você toma as próprias decisões, e daí pra frente se alguém tem culpa é você mesmo.

2 – Prepare-se, a sua vida será uma viagem inesquecível! Você pode ter nascido no tal “berço de ouro”, mas duvido que não passe pelo menos um perrengue na vida. Você pode ser sensacional, ter talento nato, e mesmo assim isso não quer dizer que tudo ocorrerá às mil maravilhas.

3 – Fracassar é ruim. Não tem como não achar ruim. Bem, prepare-se pra resistir a isso. Crie a filosofia de que se você insistir, as coisas vão melhorar.

4 – Quando você tenta algo e fracassa, isso te deixa sem parâmetros a seguir. E isso é ótimo! Por que você pode mudar tudo e se reinventar, já que o que tinha pensado deu errado.

5 – A criatividade é um super poder! Usando ela você poderá resolver qualquer coisa.

6 – Permita-se experimentar, criar e inovar nas coisas da vida. Talvez você descubra formas melhores e mais fáceis de fazer algo que já faz.

7 – Procure ter uma posição ativa perante sua vida. Ser passivo só te deixa triste, reclamando de tudo, e sem caminhar para uma solução.

8 – Repare mais vezes nas coisas cotidianas e boas da sua vida. Você tem onde morar, o que comer, com o que se agasalhar, tem acesso a informação. Coisas que não damos valor enquanto temos.

9 – Preocupe-se mais com a mudança interna do que com a externa. O exterior é resultado do interior. Portanto, procure se conhecer e amar o que tem lá dentro de você.

10 – Tenha como objetivo a qualidade dos momentos, e não a quantidade ou o tempo de duração. Portanto, curta os filhos e os cachorros no final de semana e nos momentos que puder estar com eles.

Depois de ler esses conselhos, reflita um pouco e me diga: você concorda com eles?

quinta-feira, julho 16, 2015



Mito ou verdade: creme de hidratação pode encostar na raiz do cabelo?

Verdade! Esqueça o mito de que os produtos de cabelo, como máscaras hidratantes, nutritivas e leave-ins, não podem encostar no couro cabeludo. Te digo mais - elas não só podem, como devem, e até em cabelos oleosos. Oleosidade não tem nada a ver com hidratação. A hidratação tem a função de reter água no couro cabeludo, que faz com que ele fique mais saudável e os fios mais fortes. Já a oleosidade é quando há um excesso de sebo produzido pela glândula sebácea.


Se o seu cabelo é oleoso, procure máscaras que não sejam à base de óleo. Elas vão deixar seu couro cabeludo nutrido e seus fios mais fortes, sem pesar. Já se o seu fio e couro cabeludo são extremamente ressecados, lance mão da máscara com óleos como de argan, macadâmia, abacate e semente de uva, por exemplo. Aplique da raiz às pontas e deixe agir durante o tempo especificado na embalagem.

Qualquer produto pode encostar no couro cabeludo?

Não! Produtos agressivos, como tinturas e alisamentos, podem dar alergias e queimaduras no couro cabeludo. Como a química também danifica a queratina do cabelo, os fios podem quebrar pertinho da raiz, deixando seu cabelo ralo.

E os finalizadores?

Aí todo cuidado é pouco. Existem produtos específicos para serem aplicados na raiz, como spray de volume, e outros de fórmula leve e hidratante, como sérum e leave-in, por exemplo. Esses podem chegar pertinho da cabeça sem problemas. Outros como a pomada podem ser mais perigosos. Produtos muito espessos podem obstruir as glândulas sudoríparas e sebáceas. Você pode ter uma inflamação na base do fio, que o deixa mais oleoso e pode até enfraquecê-lo. Para evitar qualquer acúmulo de resíduos no couro cabeludo, crie o hábito de usar um xampu antirresíduos a cada 15 dias ou uma vez por semana.

quarta-feira, julho 15, 2015



Livre dos cravos: como tratar e evitar

É possível combater os cravos se você souber aliar os produtos aos cuidados certos! Para te ajudar nessa missão, fiz um dossiê sobre o assunto, com os hábitos que você deve abandonar, os tratamentos que pode fazer e a rotina de cuidados, para minimizar ao máximo os furinhos pretos!

POR QUE EU?

Se você sofre com a aparição constante dos cravos, sua pele deve ser mista ou oleosa - saiba como cuidar dela. Esse tipo de pele é mais propenso à formação deles (principalmente na zona T), já que naturalmente tem os poros mais dilatados e uma superprodução de queratina – proteína responsável pela proteção da pele, que em excesso entope os poros e forma aquela “massinha” branca.


COMO EVITAR?

Se você ainda não tem o hábito de lavar o rosto e tirar o make antes de dormir, pode repensar! Limpar a pele de manhã e à noite com produtos específicos para as peles oleosas ajuda a equilibrar e reduzir a produção de sebo – de quebra tira o resto de maquiagem que também pode entupir os poros. Procure os produtos que são à base de ácido retinoico, salicílico e glicólico, por exemplo. Se mesmo assim eles insistirem em aparecer, o problema pode estar na maquiagem e cremes que você anda usando. Certifique-se de que eles sejam sempre oil free!

A ROTINA DA SALVAÇÃO

Todo dia:

De manhã use o sabonete (em barra ou líquido) específico para peles oleosas. Enxágue, seque o rosto e passe com um algodão a loção adstringente, ela faz uma limpeza mais profunda da pele. Depois passe o protetor solar a base de gel e livre de óleo e lance mão dos primers, eles disfarçam a aparência dos poros. À noite, repita a lavagem e a loção adstringente e, se for usar algum creme que previna o envelhecimento, opte pelos que já contenham ácido retinóico.


Uma vez por semana:

Já ouviu falar em Carisonic? Esse aparelho (aí acima) é indicado para fazer uma esfoliação caseira na pele, ele pode aumentar em 30% a limpeza da pele. Como só vende na gringa (e no e-bay também), você pode recorrer aos esfoliantes faciais, uma vez por semana. Procure os específicos para o seu tipo de pele, assim além de ajudar na renovação celular, ainda reforçam o tratamento.

Uma vez por mês:

Um encontro mensal com a esteticista é mais que recomendado. Só ela poderá retirar os cravos da sua pele de maneira correta. No início do tratamento a limpeza de pele pode ser feita uma vez ao mês. Mas se você mantiver o tratamento com os cuidados em casa, essa frequência diminui. Vai de acordo com a melhora da pele.

O peeling também é super indicado. Faça uma vez por mês, no outono ou inverno. Ele faz uma esfoliação e limpeza profunda, que melhora a textura da pele, a oleosidade, as manchas e reduz bem os cravos. Não se assuste se no dia seguinte você acordar vermelha e começar a descamar durante os próximos dois dias. É normal e parte do procedimento. Mas é essencial evitar o sol e abusar do protetor solar oil free.


POSSO ESPREMER?

Não! Se removidos inadequadamente podem evoluir para espinhas e causar manchas e cicatrizes na pele. A única pessoa que pode manipular é a esteticista porque ela faz um ritual de limpeza e usa equipamentos adequados para os poros não inflamarem nem infeccionarem.

EU PRECISO DEIXAR A MAQUIAGEM DE LADO?

É perfeitamente aceitável recorrer de produtos que “escondam” cravos ou espinhas, até mesmo acnes! O mais importante é a higienização prévia da pele (para não aumentar a sujeira nos poros) e a retirada de impurezas à noite. Os primers e BB Creams são ótimas armas nessas horas, porque não têm só a função de cobrir, mas também de tratar. Procure sempre produtos que não obstruam os poros, geralmente vêm com a expressão “não comedogênicos” na embalagem.

A ALIMENTAÇÃO INFLUENCIA?

Não há comprovação científica de que comidas, como o chocolate, podem piorar a formação de espinhas e cravos. Mas alguns alimentos podem, sim, melhorar a sua situação. Acrescentar à dieta alimentos ricos em fibras deixa sua pele mais bonita. Eles eliminam as toxinas que causam a acne, por exemplo.

terça-feira, julho 14, 2015



Eu não consigo engordar, o que fazer?

Magreza em excesso faz mal a autoestima e como eu disse neste outro post sobre magreza, eu sei bem como é isso... Se esse é o seu caso, saiba que o problema tem solução, sim!


Upgrade na alimentação

Segundo os nutricionistas, a dica é que você precisa acrescentar pelo menos 600 kcal na sua dieta. Para que não faltem ingredientes ao organismo, procure variar os grupos de alimentos. Veja como:
  • Coloque granola no café da manhã. Com aveia de preferência. Embora a granola sempre esteja nos pratos saudáveis, ela é bastante calórica. 
  • Nos lanches, fique com as castanhas, nozes e amêndoas. São hipercalóricas e nutritivas, e ainda têm gorduras boas. 
  • Incremente o almoço com um pãozinho francês e suco adoçado com mel. 
  • Após as refeições, coma frutas calóricas, como abacate, banana, caqui e açaí. 

Fome de quê?

Se você nunca sente fome, saiba que há medicamentos que abrem o apetite (mas só o médico pode receitá-los). Boas alternativas são os suplementos - como Whey Protein, que funciona bem se for associado aos exercícios - e os complementos alimentares fortalecidos com vitaminas e nutrientes, como Sustagen.


Mude os hábitos:

  • Coma de 3 em 3 horas. Assim, o corpo não queima a energia que está armazenada nos músculos ou acumulada sob a forma de gordura. 
  • Evite aceleradores de metabolismo, como chá-verde, gengibre, mostarda, canela, curry e pimentas variadas. 
  • Se você gosta de chá, escolha erva-doce, anis ou hortelã, que estimulam o apetite. 
  • Um prato cheio de comida pode inibir a fome. Coloque pouca comida de cada vez e vá repetindo devagar. 

Mais músculos = mais volume

O melhor exercício para as magrinhas ainda é a musculação - deixe os aeróbicos para o aquecimento. O treino deve ter poucas repetições e uma carga mais puxada para que você hipertrofie os músculos mais do que queime calorias.

segunda-feira, julho 13, 2015



Esfoliação nos lábios: como e quando fazer

O frio mal chegou e os lábios já começam a incomodar. É nessa estação que eles ficam mais ressecados, ásperos e sensíveis. Assim como a esfoliação no rosto, a labial é super recomendada. Esse hábito ajuda a retirar as células mortas e estimula a produção de novas, fazendo com que a pele da sua boca fique lisa, macia e mais viçosa.


Quando fazer?

Não existe uma situação ideal, a esfoliação deve ser incorporada à rotina de cuidados de beleza. Uma vez por semana, no máximo, é um bom intervalo, mais que isso pode deixar a pele dos lábios sensibilizada. Se você for usar aquele seu batom mate poderoso, por exemplo, vale sair da rotina e dar um tapa nos lábios para deixar a cor mais uniforme!

Quando não fazer?

Se os lábios estiverem muito ressecados, já com pequenas feridas, o ideal é não passar nada que agrida ainda mais a pele, pois pode agravar a situação de desconforto. Hidrate bastante com balms durante a noite e protetores solares labiais durante o dia (já que eles também têm propriedades hidratantes).

Esfoliante caseiro

Produtos de esfoliação prontos são muito famosos na gringa, mas por aqui eles são raríssimos. Se a grana estiver apertada e você não quiser esperar um tempão para a encomenda chegar, teste a receita caseira de mel com açúcar: misture uma colher de mel a uma colher de açúcar refinado e espalhe pela boca fazendo movimentos circulares. Qualquer desconforto é sinal de que você está colocando muita pressão, faça movimentos suaves! Depois da esfoliação, passe o hidratante labial para finalizar a rotina.

E se você quiser dicas para ter o bocão da Angelina Jolie, clica aqui!

sexta-feira, julho 10, 2015



Dicas para evitar e acabar com os poros dilatados

Os poros podem ficar mais dilatados e a pele pode acumular oleosidade, graças ao suor. Além disso, podem surgir cravos. Devido ao aumento das glândulas sebáceas e da grande concentração de poros sem pelos, a zona T costuma ser a mais afetada por esse problema. Isso acontece porque os buraquinhos da pele são preenchidos por glândulas sebáceas ao invés de pelos, o que gera um acúmulo de oleosidade.



Além das peles oleosas, esse problema pode ser comum entre pessoas morenas e negras e em quem tem tendência hereditária a isso. Para evitar a dilatação dos poros, recomenda-se adotar a seguinte rotina de cuidados: lavar o rosto com sabonetes com ácido salicílico (3x ao dia), fazer esfoliação (2x por semana), usar hidratante sem óleo (sérum, fluido ou gel) todos os dias e passar máscara de argila branca (1x por semana) para ajudar no controle da oleosidade. Fazer limpeza de pele uma vez por mês também ajuda na prevenção.

Outra forma de tratamento é investir em makes funcionais, como bases, corretivos e primers. Na hora de usar esses produtos, é importante evitar o excesso para não obstruir os poros.
 
  • Uso de Imagens

    Muitas imagens do nosso site vem de fontes espalhadas na internet, sendo em sua maior parte externas e muitas não autorizadas. Nenhuma das fotos pertencem ao Bia Inspira, a menos que sejam creditadas. Se alguma foto de sua autoria estiver no nosso site e você desejar sua remoção ou inserção de créditos, favor enviar um email para mscbianca[arroba]gmail[ponto]com que prontamente atenderemos ao seu pedido. Obrigada!!!