sexta-feira, janeiro 13, 2017



Qual a melhor forma de se locomover em suas viagens?

Quando se planeja uma viagem, tem muitas coisas para gente se preocupar. Hospedagem, finanças, o roteiro que vai seguir e qual a forma de transporte mais adequada, são detalhes fundamentais para aproveitar o melhor que o destino tem a oferecer, mas que no final das contas pesam na nossa decisão. Para deixar mais leve a mala das preocupações, vamos te passar aqui algumas dicas sobre as três formas de locomoção mais utilizadas por quem viaja no exterior.

Os carros alugados, trens e companhias aéreas low-cost são as principais escolhas dos viajantes. Abaixo, algumas vantagens e dicas de como aproveitar cada um deles.

Viajando de trem


Se você vai visitar vários países próximos em uma mesma viagem, como nos roteiros pela Europa, tem a opção de ir de um local ao outro utilizando o trem. Para esse tipo de transporte o planejamento é fundamental.
O interessante nas viagens de trem é montar seu roteiro de acordo com o itinerário da linha, para conseguir conectar os destinos da melhor forma possível e economizar. 
Além disso, outra vantagem dessa opção é a possibilidade de dormir no trem poupando diárias de hotel, e ainda aproveitar melhor a paisagem ao redor. No entanto, é recomendado estar atento a duração da viagem, pois viagens de trem costumam ser mais longas e, se sua estada será mais curta, talvez não compense passar tanto tempo dentro do vagão.

Alugando um carro


Na Europa, exceto na Áustria, Grécia e Itália, os turistas podem dirigir apenas com a habilitação brasileira, desde que a viagem não ultrapasse 90 dias. Para outros lugares do mundo, é possível emitir a Permissão Internacional para Dirigir (PID) no Detran do seu estado. Alugar um carro pode ser vantajoso para quem for viajar em grupo. 
Se o grupo de pessoas for grande, dividir o aluguel de um carro pode ser mais econômico do que comprar passagens de trem ou avião para todos. O veículo também dá mais liberdade, afinal, com ele você faz seus horários.
Mas, para não se tornar cansativo, o ideal é que mais de um membro do grupo saiba dirigir.

Companhias aéreas low-cost


As companhias aéreas low-cost (baixo custo em português), surgiram como opções mais baratas para quem quer viajar de avião e hoje estão muito presentes no mercado, principalmente na Europa. Essas empresas oferecem voos com tarifas muito econômicas, alguns trechos podem sair por menos de € 20.

Essa tarifa é possível porque as companhias low-cost não oferecem o serviço de bordo tradicional. Alimentos e bebidas consumidos serão cobrados, assim como fones de ouvido, filmes e outras regalias. Contudo, a política de bagagem pode mudar de uma empresa para outra, então, é preciso estar atento às especificações da empresa aérea. O conforto também não é como nas companhias tradicionais, o espaço entre os assentos, por exemplo, pode ser reduzido e os bancos não são reclináveis. Mas, não se preocupe, os aviões são seguros e as companhias seguem todas as leis que regulamentam o espaço aéreo.
Essa opção pode ser a melhor forma para quem busca rapidez e economia.

Cada uma das alternativas tem características únicas, e cabe a você escolher a que melhor se encaixa em cada caso.

Um comentário:

 
  • Uso de Imagens

    Muitas imagens do nosso site vem de fontes espalhadas na internet, sendo em sua maior parte externas e muitas não autorizadas. Nenhuma das fotos pertencem ao Bia Inspira, a menos que sejam creditadas. Se alguma foto de sua autoria estiver no nosso site e você desejar sua remoção ou inserção de créditos, favor enviar um email para mscbianca[arroba]gmail[ponto]com que prontamente atenderemos ao seu pedido. Obrigada!!!